Connect with us

O que você está procurando?

Busca

Saúde

Inverno saudável: como treinar e comer bem

As baixas temperaturas nem sempre motivam a rotina de treinos. Este pequeno guia vai ajudar você a continuar firme no inverno e ganhar mais saúde

Foto: iStock
Foto: iStock

Foto: iStock

Durante os meses mais frios do ano, parece que o corpo pede recolhimento para poupar o máximo de energia possível. Justamente por essa razão, o inverno é a melhor época para mudar os hábitos alimentares e treinar com afinco. As baixas temperaturas obrigam o corpo a manter-se aquecido, o que promove maior gasto energético: portanto, faça deste processo o seu principal aliado. Se ainda não for o bastante, leia este guia que preparamos para você trocar o edredom por uma boa dose de endorfinas pós-treino. Sem desculpas!

 

1.Fome sob controle

A fome parece aumentar nos meses mais frios do ano, assim como a vontade de ingerir alimentos gordurosos. Para driblar essa tentação, coloque no seu cardápio mais itens
com as gorduras do bem, as insaturadas, que além de reduzir essa voracidade também garantem o bom funcionamento do organismo. Elas estão presentes no azeite, nas oleaginosas, no abacate e em peixes como o arenque, o salmão, a cavala, o atum e a sardinha.

Fome além da conta? Você pode mudar isso agora

 

2.Treino na hora certa

No inverno, prefira treinar mais cedo ou no final do dia, ainda que o frio seja mais intenso. Nessa época do ano, a umidade relativa do ar fica mais baixa, especialmente entre o meio-dia e 16 horas, e a concentração de poluentes muito maior.

 

3.Mais movimento, menos doenças

Manter-se ativo no inverno e não ficar abrigado na cama quentinha ou debaixo do cobertor
é a melhor defesa contra gripes e resfriados, que costumam atacar nessa época do ano. Um
estudo feito pela conceituada Clínica Mayo (EUA) mostrou que treinos regulares no frio reduzem entre 20% e 30% as chances de você ficar doente.

 

4. Hidratação é prioridade

Os meses mais frios do ano costumam ser secos, sentimos menos sede, mas continuamos suando, embora não isso não fique tão perceptível quanto no verão. Daí que muita gente acaba se esquecendo de se hidratar. Leve uma garrafinha com água aonde quer que vá e obrigue-se a dar alguns goles de tempos em tempos.

 

5. Pegue leve nas bebidas alcoólicas

Tomar um vinho no frio é uma delícia e não é proibido, mas exagerar nas taças e nos drinques não é bom para ninguém, muito menos para quem treina. Além de o álcool pesar na balança e sobrecarregar o fígado, deixando mais lento o processo de geração de energia e, por tabela, aumentando a fadiga muscular, o que diminui a resistência durante a corrida, uma pesquisa recente revelou que ele pode prejudicar a recuperação da musculatura após o treino.

 

6.Proteja-se durante a corrida

Vai correr? Procure usar um gorro ou um boné se a temperatura estiver muito baixa. Aproximadamente 50% do calor do corpo é perdido pela cabeça e pescoço. Usar algo que a proteja ajuda a reter o calor. Se estiver ventando, não deixe de usar uma jaqueta corta-vento. O vento penetra nas roupas e remove a camada de ar mais quente que envolve o corpo (produzimos calor ao nos exercitarmos).

 

Foto: iStock

Foto: iStock

7.Inclua frutas no cardápio

Nessa estação, as frutas tendem a ficar de fora da alimentação. Uma boa sugestão para não reduzir tanto o consumo delas é colocar uma banana, uma maçã ou uma pera com canela no micro-ondas por alguns minutos ou grelhar algumas fatias de abacaxi na frigideira. O mel
pode ser usado em todas essas receitas que aumentam a saciedade e ainda ajudam a acabar com aquela vontade de devorar um doce.

 

8.Permita-se comer um docinho

Bateu aquela vontade de um bolo quentinho no final da tarde? Não tem problema!
Existem receitas práticas, saudáveis e saborosas que podem resolver a sua ânsia por um doce sem pesar na balança. Experimente esta: amasse uma banana, acrescente 3 colheres de sopa de aveia, um ovo, uma colher de sopa de cacau, uma colher de café de fermento e uma colher de sobremesa de mel ou um pouco de adoçante. Misture tudo e coloque no micro-ondas por 3 min.

 

Foto: iStock

Foto: iStock

9. Invista em alimentos termogênicos

Pimenta é uma ótima aposta nos dias frios, pois além de promover aquela sensação de calor imediata, conta com a capsaicina, substância que reduz o apetite e tem efeito termogênico, ou seja, acelera o metabolismo. Outros alimentos que têm esse efeito são o gengibre e a canela.

 

Foto: iStock

Foto: iStock

10. Use o espaço que tem para treinar

Exercitar-se dentro de casa também pode ser uma boa ideia quando não dá vontade de sair de casa. Peça para um especialista criar um treino para fazer em casa e, se não tiver acessórios de fitness por perto, lance mão de uma corda, uma bola, uma cadeira, a escada do prédio etc.

Para treinar em casa: Movement lança bike para treinos rápidos e intensos

Colaboraram neste conteúdo:  Iva Bittencourt, personal trainer especialista em fisiologia do
exercício e treinamento de força que faz palestras motivacionais sobre atividade física e saúde; Paula Castilho, nutricionista da Sabor Integral Consultoria em Nutrição, de São Paulo; Cristiane Moraes Pertusi, psicóloga doutora em desenvolvimento humano, de São Paulo; e Beatriz Botéquio de Moraes, nutricionista da Equilibrium Consultoria em Nutrição, também da capital paulista.

Escrito por

Click to comment

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Advertisement

Últimas Noticias

Fisiculturismo

Veja como acompanhar o evento ao vivo e de maneira gratuita pela internet

Nutrição

Outra tese que serve para acabar com o medo desse macronutriente

Nutrição

Suplemento tem o objetivo de aumentar o consumo de proteínas na dieta

Emagrecimento

Lembre-se que os resultados são conquistados em um processo de longo prazo

Nutrição

O equilíbrio ajuda a manter esse tipo de alimento na dieta balanceada

Nutrição

São alimentos que precisam ser consumidos com moderação

Advertisement

Você também vai gostar

Treinos

O intuito desse conjunto de dicas é evitar que algumas falhas passam despercebidas

Treinos

Muitas vezes, menos é mais e pode potencializar a conquista de resultados

Gustavo Barquilha

Visitamos a DarkHouse, em São Paulo, para demonstrar alguns dos principais movimentos da musculação

Treinos

O ritmo desse treino é de acordo com condicionamento físico de um sujeito