Connect with us

O que você está procurando?

Fitness

FST-7: técnica avançada para aumentar a hipertrofia muscular

Método melhora o alongamento muscular e permite uma contração mais eficiente

FST-7
FST-7 / Foto: Shutterstock
[PAGE TITLE]

O FST-7 é mais uma técnica avançada de musculação, para aumentar a intensidade do treino e acelerar o ganho de massa muscular (hipertrofia). Assim como o drop-set, a pré-exaustão ou o GVT, o método usa algumas práticas simples que aumentam a dificuldade com segurança e, consequentemente, deixam o estímulo mais eficiente.

“A técnica do FST-7 aumenta consideravelmente a densidade do treino e, por melhorar a flexibilidade, nós conseguimos uma melhor hipertrofia muscular. Costumo utilizar com posterior de coxa e panturrilha com os meus alunos, que são músculos que normalmente temos encurtados em maior nível de incidência. Mas, a técnica pode ser utilizada em qualquer grupamento muscular”, conta o educador físico, Leandro Twin.

De acordo com o especialista, o FST-7 foi criado por Hany Rambod, renomado treinador de fisiculturistas, que já preparou grandes estrelas e campeões do Mr. Olympia, como Jay Cutler e Phil Heath. E consiste, basicamente, em aumentar o alongamento para promover uma contração muscular mais eficiente.

Advertisement. Scroll to continue reading.

“Serão feitas sete séries com 30 segundos de descanso em cada uma delas. Porém, agora vem a diferença, os 30 segundos de descanso são, na verdade, uma pausa ativa em que serão feitos alongamentos referentes ao músculo que você está trabalhando. Então, caso você escolha um peck deck, você vai fazer, entre as sete séries, 30 segundos de alongamento. Isso melhora a flexibilidade e a vascularização do músculo”, explica Twin.

O FST-7, no início, era aplicado apenas em exercícios isoladores, que recrutam apenas uma articulação durante a execução. No entanto, desde que seja acompanhada por um profissional de educação física, a técnica também pode ser adaptada para movimentos multiarticulares.

“São sete séries de 12 movimentos até a falha. Sendo até a falha, dificilmente conseguiremos a falha na 12º sempre. Mas, ficando entre 10 e 14 movimentos até a falha é um alvo muito bom. Hany Rambod sempre citava que deveria ser feito no último exercício. Porém, observo muitas melhorias se feito em primeiro, já que o aumento da flexibilidade causado pelos alongamentos pode influenciar durante todo o treino”, finaliza Twin.

Advertisement. Scroll to continue reading.
Advertisement

Você também vai gostar

Fitness

Mindfulness é fundamental para garantir um bom rendimento na atividade física

Nutrição

Descubra como manter uma dieta equilibrada durante todo o ano, sem abrir mão de ingredientes saborosos

Nutrição

Veja como alguns ingredientes podem desempenhar um papel importante no organismo

Nutrição

Descubra como a especiaria pode auxiliar a realização de exercícios físicos regulares