Dia Mundial de Combate ao Câncer: os alimentos que previnem a doença

Nutricionista revela três grupos de ingredientes naturais que podemos incluir na dieta para prevenir o desenvolvimento de tumores

Dia Mundial de Combate ao Câncer
Dia Mundial de Combate ao Câncer / Foto: Shutterstock

Hoje, 04 de fevereiro, é o Dia Mundial de Combate ao Câncer. Trata-se de uma iniciativa organizada pela União Internacional para o Controle do Câncer (UICC) com o apoio da Organização Mundial da Saúde (OMS). A data é simbólica e foi criada para divulgar campanhas de conscientização que consigam auxiliar a população com a prevenção, detecção precoce e o tratamento da doença.

Segundo os dados mais recentes do INCA (Instituto Nacional de Câncer), a estimativa é de que, em 2020, ocorreram em torno de 625 mil casos da doença apenas no Brasil. Sendo que, no ano de 2019, mais de 230 mil pessoas morreram por causa de algum tipo de tumor.

Os números são altos e, para que o Dia Mundial de Combate ao Câncer tenha algum efeito positivo, é necessário cercar-se de boas informações. As principais delas são relacionadas à prevenção e a detecção precoce da doença. Por isso, é fundamental realizar consultas e exames periódicos para rastrear possíveis tumores.

Além disso, fazer com que as pessoas adotem um estilo de vida saudável é outro objetivo do Dia Mundial de Combate ao Câncer. Dessa maneira, a nutricionista Adriana Stavro separou três grupos de alimentos que podem auxiliar na prevenção da doença. Confira a lista, organizada de acordo com a substância benéfica que cada grupo possui:

1 – Curcumina

É uma substância com ação terapêutica e preventiva ao câncer de mama. Segundo Stavro, estudos laboratoriais e com animais já demonstraram atividade biológica diversa contra células tumorais.
Onde pode ser encontrada? Alho, cebola, cebolinha e alho-poró são vegetais que possuem estes compostos além de flavonoides e vitamina C.

2 – Folato (vitamina B9)

Segundo a especialista, uma pesquisa analisou 23 estudos sobre câncer e identificou que a ingestão de folato pode reduzir o risco de desenvolvimento de tumores.
Onde pode ser encontrado? Feijões, lentilha, ervilha, grão de bico, ovos e carne são alguns alimentos ricos em B9.

3 – Vitamina B6

“A B6 participa de muitas reações bioquímicas, e pode desempenhar papel importante na proteção da carcinogênese”, afirma a nutricionista.
Onde pode ser encontrada? Em alimentos como carnes bovina, suína, leite e ovos, aveia, banana, gérmen de trigo, abacate, levedo de cerveja, cereais, sementes e nozes.

Bônus – Epigalocatequina-3-galato (EGCG). “Esta substância, presente no chá verde, foi amplamente estudada por seu potencial efeito protetor de vários tipos de cânceres em humanos. Em comparação com outros chás, ele [chá verde] contém a maior quantidade de compostos bioativos que pertencem ao grupo dos polifenóis. A maioria dos dados experimentais mostrou que os polifenóis podem modular várias vias de sinalização e regular o crescimento, a sobrevivência e a metástase de células cancerígenas em vários níveis”, finaliza Stavro.

Os comentários estão desativados.

Recomendadas para você